Blog

O que, como, por que, além do lide jornalístico.

As velhas e novas sensações que meu primeiro Réveillon em Sampa evocou

Quando vou a São Paulo, sinto-me chegando a uma cidade importante, de relevância nacional, mundial… o lugar onde as coisas acontecem. A capital paulista é o município mais importante do país economicamente, uma verdadeira megalópole, onde há mais oportunidades de emprego, que oferece as mais diversas opções, onde pode-se achar qualquer coisa, a qualquer hora.Continuar lendo “As velhas e novas sensações que meu primeiro Réveillon em Sampa evocou”

Que a paz, e tudo que vem a partir dela, esteja conosco em 2022

Seu ano foi bom? Eis o momento da pergunta, feita por alguém ou por nós mesmos. Ao menos eu, que seja nas horas derradeiras do ano, costumo fazer uma breve retrospectiva dos últimos 365 dias, não como um balanço de sucesso ou fracasso das minhas expectativas, mas uma rota de satisfação pessoal, de forma queContinuar lendo “Que a paz, e tudo que vem a partir dela, esteja conosco em 2022”

Entre tantos problemas, maior do São Paulo é deixar de lado a honra e o coração

O que foi que fizeram com o meu São Paulo? Ao pensar em escrever sobre meu Tricolor, é a pergunta que martela na minha cabeça. O que fizeram com o nosso São Paulo, de mais de 15 milhões de torcedores pelo Brasilzão e pelo mundo? O futebol não difere mesmo de outras áreas, no sentidoContinuar lendo “Entre tantos problemas, maior do São Paulo é deixar de lado a honra e o coração”

Eis a luz da nossa velha vida ao fim do túnel, cada vez mais próxima

Depois de estarmos no fim do túnel, lá onde tudo era escuridão e incerteza, a luz já nos aparece radiante – é logo ali, diriam os mineiros. A ciência nos aproxima cada vez mais da saída desta infindável via que demonstrava ser a pandemia da Covid-19. Nossos sonhos e projetos voltaram – por um bomContinuar lendo “Eis a luz da nossa velha vida ao fim do túnel, cada vez mais próxima”

Abram alas para as flores da primavera e esperança fortalecida no ar

Avizinha-se a primavera. A alma, já preparada pela florada dos ipês, anseia pela época das cores e clima mais quente. Muitos serão avessos, contrários ao mormaço brasileiro presente em todos os cantos do país. Ele tem sido severo, é verdade, mas consigo traz a leveza de se vestir, se portar, após nove meses de vidaContinuar lendo “Abram alas para as flores da primavera e esperança fortalecida no ar”

Uma história de glórias e quedas: o que significou para mim a biografia de Garrincha

Que saudades eu estava de escrever aqui! Minha falta deve-se ao novo emprego que arrumei, e por isso não escreverei com a mesma assiduidade. Contudo, sempre que tiver um tempo e algo bom a ser dito, postarei no Meu Patrão. Nossos patrões interiores nunca morrem, seguem guiando nossos gostos e desejos, e espalhá-los por aíContinuar lendo “Uma história de glórias e quedas: o que significou para mim a biografia de Garrincha”

Eurocopa é prova que estamos, pouco a pouco, superando tragédias e preconceitos

Eventos do porte de uma Eurocopa, que vem sendo realizada desde o dia 11 de junho e vai até 11 de julho, expõem dentro e fora de campo uma dimensão global do mundo de hoje, indo além dos gols e da emoção que é inerente ao futebol. Não podia ser diferente, quando se fala doContinuar lendo “Eurocopa é prova que estamos, pouco a pouco, superando tragédias e preconceitos”

Escrever é forma de amar, conexão a pessoas queridas como a minha tia Célia

Escrever para mim é hoje uma necessidade. Minha situação atual de estar sem emprego fixo, fazendo apenas trabalhos como freelancer, possibilita-me ter mais tempo, o que considero bom, mas que busco aproveitar da melhor forma. Estou longe à teoria de que vivemos para fazer, contudo há momentos que produzir é necessário. É prazeroso escrever –Continuar lendo “Escrever é forma de amar, conexão a pessoas queridas como a minha tia Célia”

Todas as graças que quem não corre nunca vai saber se não começar

O mundo como conhecíamos anterior à pandemia já trazia à tona questões a serem fortemente analisadas individual e coletivamente. A rotina corrida de trabalho, as exigências profissionais, compromissos, tudo com o que estamos acostumados já causavam impactos negativos na vida das pessoas. Já se falava muito mais em depressão, ansiedade e outros transtornos emocionais, que,Continuar lendo “Todas as graças que quem não corre nunca vai saber se não começar”

O que consigo dizer sobre a saída da fila e o épico título paulista do São Paulo

Sonhei muito com esse dia. Do último título do São Paulo, o meu amado Tricolor, até ontem, foram 3.456 dias de espera, como trouxe a Folha de Londrina. Completaríamos nove anos na fila ao final da temporada, caso passássemos em branco 2021 também. O troféu que veio foi o do Paulista, tido como o menosContinuar lendo “O que consigo dizer sobre a saída da fila e o épico título paulista do São Paulo”

Carregando…

Ocorreu um erro. Atualize a página e/ou tente novamente.


Siga meu blog

Receba novos conteúdos na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: